escrevo!


escrevo por existir, escrevo por sentir... escrevo por esquecer, por viver, enlouquecer! Sem as palavras, seria vazio, sem elas, teria que estar, por obrigar-me a viver, não venceria, não existiria, minha alma, seria completamente apagada.
se devo algo a alguém ou alguma coisa, digo, sem medo, as palavras me fazem aqui, me permitem fazer de mim meu mundo e dividi-lo com a dor, a alegria, com o profundo. elas me fazem livres, me fazem leves. elas me permitem amores, me permitem surpresas!
só assim posso continuar a caminhar, por entre jardins de sonhos e nuvens. só assim, uvas encontrarei, junto a estrelas, num céu iluminado, por uma lua esburacada, por um pequena esperança, pela chance de poder acreditar.
se escrevo, é por um dia esperar, saber que essa luz, vai me salvar!

Um comentário:

Maria Luiza disse...

só assim, uvas encontrarei, junto a estrelas, num céu iluminado, por uma lua esburacada, por um pequena esperança, pela chance de poder acreditar.
Adorei as referencias do nosso espacinho amor rs